Uma vida atrelada à música. Assim resume-se Gabriel Farias. Com apenas 22 anos, o cantor que começou sua carreira aos 16 anos, arrecada cada vez mais fãs, arranca elogios da crítica especializada e possui números expressivos nas redes sociais e rádios. No Youtube, o artista possui mais de 7,5 milhão de visualizações. Mas todo começo tem suas dificuldades, assim como grandes nomes da música no Brasil. 

A relação de Gabriel Farias com a música começou aos 14 anos de idade, compondo suas primeiras canções e tendo como influências, nomes como Renato Teixeira, Sérgio Reis, Victor & Leo, César Menoti & Fabiano, Skank, Jota Quest, Dire Straits, Santana e U2, da pra concordar que nomes de grande peso para um jovem, mas a “alma” musical de Gabriel sempre falou mais alto. Anos mais tarde um divisor de águas veio para a vida do cantor, em 2015, regravou “Dói Né”. O hit bateu os recordes de visualização do artista tornando-o conhecido nacionalmente e em 2016, veio a primeira indicação ao Prêmio Multishow em 3 categorias: “Melhor Música”, “Experimente” e “Música Chiclete”. 

Camarote Safadão”, “Que sofrência”, “Vamos ficar de boa” uma sequencia de sucessos que mantiveram o nome de Gabriel em evidência entre os mais tocados na região Sul do Brasil, a cada lançamento, uma nova ação com rádios, com imprensa e o os caminhos de Gabriel para shows e apresentações ganhavam mais força.

 “Quem Mudou Fui Eu”, “Nas quatro estações”, “Par Perfeito”, novas músicas e projetos. Novo single, distribuição em plataformas digitais e video clipe exibido nos principais canais de músicas como Music Box, Multishow TVZ e PlayTV. Gabriel então começa a preparar mais uma música de trabalho e suas redes sociais começam a mostrar para o Brasil a potência e o estilo do cantor, que desde muito jovem, já sabia onde e como queria trilhar seus caminhos na música. 

Paraíso”, lançado em agosto de 2017, enaltece o amor e os grandes momentos de um relacionamento. Para Gabriel, é uma das canções mais lindas que já gravou e retrata muito o seu amadurecimento vocal. Em parceria com MC Juninho, trabalharam o sucesso “Batalha do Bumbum“, um “funknejo” que já bateu a marca de 595 mil acessos e que mostrou ao Brasil como as misturas de estilos podem conversar num mesmo rumo. “O sertanejo é a minha praia, meu estilo, o que amo cantar, mas porque não criar os próprios desafios e supera-los. Foi aí que resolvi gravar com MC Juninho e o resultado foi uma música dançante” afirma Gabriel.

No mesmo ano, Gabriel participou do Festeja Itajaí, um dos maiores festivais da música sertaneja do Brasil, cantando ao lado de grandes nomes, como Maiara e Maraísa; Henrique e Juliano; Zé Neto e Cristiano; Breno e Caio César, mais um dos inúmeros sonhos realizados. E depois deste, o cantor participou de outros grandes shows como por exemplo, o VillaMix Private Florianopólis em abril deste ano, ao lado de nomes como Matheus e Kauan, Jorge e Mateus, Alok entre outros. No mês seguinte, lotou a Expocande Candelária, no (RS) levando a milhares de pessoas o show empolgante que vem realizando pelo Brasil. 

Recentemente, o artista lançou “É com ela que eu vou ficar“, um bolero sertanejo, romântico que traz a história de um amor daqueles que arrebatam o coração e que não conseguimos explicar, apenas sentir. A música, ganhou clipe e já tem mais de 431 mil views. Para o segundo semestre vem muita coisa nova, já estamos preparando tudo com muito carinho para todos os seguidores.

Entre os artistas mais reproduzidos na região Sul do país, Gabriel Farias coleciona a marca de mais de 7.555.000 de visualizações no YouTube, o que dá força e mostra a carreira crescente do cantor pelo Brasil. Sua página oficial no Facebook, já ultrapassou 141 mil curtidas e mais de 23 mil seguidores no Instagram.

Assista o mais novo sucesso do cantor: “É com ela que eu vou ficar“:
https://www.youtube.com/watch?v=nYleO7SIbdM