Em abril de 2019, o Largo do Arouche, no centro de São Paulo, ganhou uma nova opção para o público gay masculino. O Dédalos surgiu como um misto de bar e sex club com cabines, armários, jogos, mini cine e várias bebidas afrodisíacas no cardápio. Aos poucos, o lugar foi ganhando fama, principalmente no Twitter (onde conta com 37 mil seguidores), pelas promoções inusitadas e também pelas festas que promove. Uma delas, a Suruba Beneficente, ganhou as manchetes. Parte da renda é sempre destinada à uma ONG que ajuda na causa LGBT.

Já foram contemplados os grupos Pela Vidda SP, referência no combate ao HIV/Aids e Pais Afetivos, instituição que acolhe e dá suporte a gays, lésbicas e transexuais com problemas de aceitação na família. “A proposta é levar diversão com conscientização. Já fizemos cinco edições e todas foram um sucesso” comemora Nando Dias, proprietário.

O local possui duas transexuais no quadro de funcionários, que atualmente conta com 20 pessoas. Atualmente, cerca de 150 homens passam diariamente pelo Dédalos e, no carnaval, esse número deve crescer. “Estamos trabalhando para ser o melhor after bloco do centro de São Paulo. Espero bater os 200 por dia no carnaval” adianta ele. Na programação do dia 20 ao dia 26, um DJ por dia vai animar a pista do bar, entre ele Yago Mikelato, Rodrigo Scher e Mark Theo.

O trabalho ao longo de nove meses já rendeu bons frutos para o empreendimento. No final de 2019, o Dédalos ganhou o prêmio de melhor sex club da capital, eleito pelo público do Guia Gay São Paulo. Já a Suruba Beneficente rendeu o prêmio POC Awards, promovido pelo Gay.blog, na categoria empreendedorismo.

“Ficamos muito honrados e ainda tem muito a ser feito. Acabamos de inaugurar o nosso ar condicionado ecofriendly no segundo piso e aumentamos a capacidade dos nossos armários de 50 para 100″ revela. O projeto é do arquiteto Fred Mafra. O nome Dédalos é uma homenagem ao personagem da mitologia grega que construiu um labirinto para aprisionar minotauro. No bar, esse labirinto fica na parte superior e lá que fica o grande diferencial do local: homens circulando, se perdendo e se encontrando em meio a cabines, corredores e gemidos do filme da Hot Boys, uma produtora nacional parceira do bar, projetado na parede. Para quem quiser conhecer: Rua Bento Freitas, 38, República, São Paulo/SP.