Através de um comunicado oficial, o famoso estilista Bruno Bacck comenta sobre seu estado de saúde após ter contraído o COVID-19. Confira:

 

“Eu sou Bruno Bacck, estilista de moda, e manifestei Covid-19 confirmado a poucos dias por meio de um exame específico.
Para eu conseguir expressar a manifestação do Coronavírus na minha vida, é preciso começar a contar sobre antes, sobre o meu pré-corona.
As informações quando não se tem Covid passam por momentos específicos, inicialmente causa espanto e surpresa, aquele choque do desconhecido, então passa a fase de saturação de informações, quando a gente não aguenta mais ouvir sobre o assunto, e então o modo cuidado extremo, eu sempre fui muito cauteloso com uso de máscara na rua e às vezes em casa, uso do álcool gel a todo momento, banhos, higienização profunda de tudo que estava a frente.
Restrição de visitas, literalmente eu vivi o isolamento social, tentando proteger o máximo a mim e a minha família, amigos e clientes.
Com tanta cautela eu sempre tive segurança que o vírus não atingiria a minha casa, afinal estamos todos seguindo os passos da proteção, e ele veio, primeiro em forma de gripe e mal estar, disfarçado, então os velhos medos voltaram a assustar.
Continuei a vida, torcendo para que não fosse a doença, mas era, assolando primeiro o meu irmão, internado na UTI, me vi em pedaços.
Uma enxurrada de sentimentos: frustração, empatia, medo, muito medo, pânico.
A preocupação só aumenta, meu irmão reage bem, e começo a ter febre, dor no corpo, na garganta, as pernas não me permitiam andar, medo misturado com sintomas.
Eu só conseguia pensar nele, olhava o teto, as paredes, algo preso na minha garganta me sufocava, também era outro sinal da Covid em mim.
Mantive forte, confiante, apavorado, um misto de sensações mesmo.
O apetite me faltava, bem como o ar, não conseguia respirar, um pesadelo.
Minha mãe, eu, minha família, que estava em contato via telefone e WhatsApp, dia e noite, todos apreensivos, já que nós estávamos com febre e sem conseguir dormir, fizemos o primeiro exame, e deu negativo.
Os sintomas aumentavam, minha respiração falhava, o coração disparava.
Os sonhos já não eram tão bons de sonhar.
Meu irmão melhorando e eu piorando, só podia ser Covid. Tudo indicava.
Meditei, respirei, distrai e nada mudava o quadro.
A ansiedade tomou conta, tentava me controlar e a febre vinha fraca, mas vinha.
Fui para o hospital, e o médico me mandou de volta para casa, tinha que refazer o exame, havia suspeita.
A sensação de sufocamento me inundava, o tempo todo.
Tudo remexido dentro de mim, um quadro que nunca vivi.
Covid veio e bagunçou tudo, a saúde física, mental e social.
O último teste: positivo!
Não contive as lágrimas, a notícia causa desespero, medo, insegurança. O corpo não se aguenta, o médico receita o tratamento em casa.
Aprendi sobre empatia, sobre a importância da saúde, sobre manter a calma.
Testar positivo para Covid é repensar a vida e as escolhas, é se dedicar e dar o melhor de si todos os dias.
É cuidar de quem se ama, da nossa mente, do estado de espírito, é cuidar da fé seja qual for a religião. É respeitar o momento difícil, tratar o amor. É ter cuidado com as palavras, é mais do que uma doença física, é um trato social, um contrato.
Nunca imaginei que fosse trilhar todo esse caminho, questionei muitas vezes o propósito disso tudo, e aos poucos vou descobrindo o que é viver e a importância do apoio familiar, de ter com quem contar nos piores momentos, para celebrar os melhores posteriormente,  quando tudo isso realmente passar.
Sem mais,
Bruno Bacck Estilista “
Saiba mais sobre o estilista Bruno Bacck através do instagram: instagram.com/brunobacck
IMG 20200721 WA0012 1 - Estilista Bruno Bacck está com Covid-19
Do NOT follow this link or you will be banned from the site!