Adriana Lima e outras: relembre casos semelhantes de brasileiras envolvendo campanhas publicitárias no exterior 
A brasileira e ex-participante do Big Brother Italiano, o Grande Fratello, Fabiana Britto, 30 anos, resolveu se pronunciar após outdoors com sua imagem terem sido alvo de protestos de grupos feministas que consideraram a publicidade sexista. “Não imaginava toda essa repercussão, não acredito que a propaganda seja ofensiva”
Relembre o caso:
 
Na última semana, outdoors com a foto da modelo feita para uma campanha de lubrificantes de carro foram pinchados com tinta rosa em Milão. Fotos do vandalismo foram compartilhadas em grupo feminista no Facebook.
Essa não é a primeira vez que uma brasileira sofre este tipo de ataque. Houve também o caso da modelo Adriana Lima, alvo de protestos na Alemanha em 2016. Na época, o Conselho Municipal de Igualdade entre os Sexos registou queixas contra a peça que, segundo eles, retrata a brasileira “seminua”.
A ex-Big Brother participou da última edição do Grande Fratello junto com italiano Tarzan, que fez uma participação no último Big Brother Brasil.
Fotos: Dario Plozzer | CO Assessoria