Acostumada aos treinos controlados, atleta se adapta a mudanças drásticas na rotina e pretende compartilhar seus conhecimentos em treinos on-line

A pandemia do coronavírus mudou a rotina de treino de muitos atletas. Para Isabel Herrera, fisiculturista tetra campeã brasileira foi uma questão de se adaptar como pôde na quarentena. Criou um plano de treinos em casa, em Brasília, para seguir firme no seu estilo de vida e manter o foco em duas importantes competições.

Ela participará do campeonato brasileiro de fisiculturismo na categoria Women’s Physique, destinada a mulheres que desenvolvem músculos alinhados à feminilidade. Vai pela federação NPC no dia 29 de novembro deste ano. Já no início de dezembro pretende estar no mundial pela WBPF de fisiculturismo, previsto para ocorrer no Cazaquistão. O propósito é trazer a medalha dourada. Ela tem grandes chances.

Com dieta rígida e muitos exercícios adaptados, ela mantém a disciplina necessária para as competições. “Primeiro passei a me exercitar em casa, apertei mais a dieta e adaptei os meus treinos usando tudo que tinha em casa. Utilizei desde sacos de arroz até mochilas com pedrinhas para subir e descer escadas. Agora que as academias reabriram, treino duas vezes ao dia alternando entre exercícios de cardio e musculação. Foco é tudo”, conta a atleta.

Isabel já sentiu o gosto do retorno de tanta disciplina ao conquistar algumas vitórias. A mais recente é o 4º lugar no mundial de dezembro de 2019, fato que lhe rendeu o direito de participar do mundial deste ano.

A pandemia, aliás, foi mais um incentivo para inaugurar um programa de exercícios on-line. Projeto que será lançado em breve para compartilhar seu conhecimento e também compartilhar sua rotina.

Trajetória

A fisiculturista Isabel mora em Brasília e trabalha como professora da rede pública de ensino, porém nesse tempo de quarentena as aulas têm sido on-line, o que permitiu que a rotina de treinos pudesse ser mais intensa, mesmo diante da dificuldade de não contar com equipamentos mais elaborados.

Isabel Herrera tem dupla nacionalidade. Nasceu na Colômbia e é filha de uma brasileira. Começou na vida do esporte a nível competitivo desde criança, quando praticou ginástica olímpica e patinação artística na Colômbia. Chegou ao Brasil em 1995, quando terminou o ensino médio. Logo começou a trabalhar como professora de espanhol no Instituto Cervantes (antes Cultura hispânica). Formou em letras em 2006 e passou no concurso público no Distrito Federal.

6ef59ca8 c3c7 4944 bdc2 4b5840fc3dc0 748x1024 - Fisiculturista Isabel Herrera se torna referência mesmo durante a pandemia

A primeira competição oficial no fisiculturismo foi em 2012 quando ficou em 4º lugar no campeonato Brasiliense. Não parou mais, competindo de três a quatro vezes no ano. Em 2014 foi campeã brasileira na categoria body fitness master na federação IFBB. Em 2017, foi para a WBPF, onde é tricampeã. Iniciou na categoria bodybuilding e hoje na categoria Athletic Physique.

“O fisiculturismo é mais do que um esporte, é um estilo de vida. Assim, mesmo em meio à pandemia, continuo fazendo dieta e exercícios, pois haverá dois campeonatos importantes”, destaca.

3284e97b 500f 4c8e b40b ea9f1b6d4c3a 687x1024 - Fisiculturista Isabel Herrera se torna referência mesmo durante a pandemia

Fisiculturista Isabel Herrera se torna referência mesmo durante a pandemia

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!