Carioca espera crescimento e profissionalização dos MC’s no futuro

Um dos MC’s de batalha mais conhecidos na cena do Rio de Janeiro de Hip Hop, Carlos Magno Rodrigues ou apenas “Magneto” deu início a carreira musical no final de 2014 quando participou da Roda da PSK na zona oeste da capital carioca. Em 2015, Magneto encontrou na Roda de Vila Isabel tudo que precisava sobre o mundo das batalhas, rap, e até mesmo sobre a vida segundo o próprio MC.

Atualmente não é só o gênero que está em alta no Brasil, com diversas batalhas de rap em todo país crescendo cada vez mais, grandes nomes têm sido revelados para o mercado da música nos últimos anos.

Ao falar sobre esse “boom” que a cena de batalhas tem tido nos últimos anos, Magneto espera que a profissionalização do movimento seja o próximo passo a ser alcançado:

— Tudo elevou muito, hoje não cabe mais em duas mãos o número de MC’s que saíram das batalhas para fazer sucesso na música. Estamos apenas começando, caminhando para profissionalizar as batalhas no futuro.

Atualmente o MC é um dos principais cotados para disputa o Nacional da modalidade que acontece em no mês de dezembro. Vencedor da votação no Duelo de MCs Nacional do Rio de Janeiro, Magneto se prepara para a disputa da seletiva que acontece no próximo mês no seu estado natal.

O MC de 26 anos que tem em Emicida, Mano Brown e Djonga como suas principais inspirações no rap revelou os nomes de quem gostaria de enfrentar em uma batalha, mas ainda não teve chance:

— Eu já batalhei com muita gente boa (risos), acho que o Alves (DF) e o Koell (SP) seria muito maneiro — declarou o MC natural da zona norte do Rio.

Já no mundo das batalhas, Xan, Buddy Poke e Koell surgem como as principais inspirações do MC.

Atualmente as próprias batalhas têm sido protagonistas de eventos, atraindo uma multidão de fãs. Organizador da Batalha do Coliseu, o MC revelou quais tem sido as principais barreiras que a cena de batalha de rap ainda tem encontrado atualmente:

— Acho que o preconceito atualmente parte mais dos contratantes de shows e produtores, por isso não valorizam tanto, mas tem que entender que a batalha é atração do evento, muitas batalhas lotam eventos. O MC que tá indo batalhar, é tão artista quanto o MC que tá indo fazer show. Mas acho que está caminhando, porque as batalhas resolveram fazer eventos e os MC’s não aceitam menos do que merecem.

Ativo no mundo das batalhas de rap de 2015, Magneto coleciona conquistas. Campeão em 20 oportunidade da Batalha de Vila Isabel, o MC ainda possui 5 conquistas na Batalha do Coliseu, uma das principais do país na atualidade, além de títulos em diversas organizações espalhadas por São Paulo e o Rio de Janeiro.

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!