O modelo e ativista pelos direitos dos LGBTS Max Souza, concorrerá em poucos meses pelo título de homem mais bonito do Brasil. Max, que esteve na Colômbia assistindo a um Encontro de Lideranças Políticas LGBT das Américas, destacou a importância de sempre estar buscando novos conhecimentos de países que, como Brasil, lutam pela causa. “ Foi uma experiência maravilhosa. É bom ver que é uma luta onde não estão sós quando digo isso, digo que o mundo está se abrindo cada vez mais”.
O prefeito de Lins (SP) Edgar Souza namorado do modelo , também participou do evento como um dos palestrantes. “O evento foi muito rico, principalmente em relação às lutas dos LGBTS nas Américas. Bolsonaro era assunto sempre”, explicou Max, que também ressaltou a importância de incluir mais pessoas negras nessa luta. 
Recentemente o modelo declarou em suas redes sociais que se sente incomodado pelo estereótipo de que gays são sempre vazios apenas por participar de um concurso de beleza. “Se vencer serei o primeiro Mister Brasil gay negro da história, posso ter voz e fazer diferença”.
Sobre a rotina de treinos para a competição nacional do Mister Brasil, o atual dona da faixa de Mister Lins 2019 diz que inclui no seu dia 3 horas diárias e dietas extremas. “Faz parte para conseguirmos alcançar um objetivo, como esses sacrifícios são necessários”. 
Treino
Max possui uma alimentação bastante regrada, mas não passa vontades. “Nunca fiz dieta extrema, mas já cortei doce por 2 meses, é bem difícil, ainda mais para uma pessoa que gosta de doce. Diante de todas as atividades, a que mais gosto de praticar é musculação”. 


Créditos: Divulgação | CO Assessoria